Como acabar com o mau hálito de cachorros e gatos

Eles são a alegria da casa e adoram brincar. Mas, um dia, aquela lambida do seu pet vem com algo além do tradicional carinho. A mudança no odor da boca das mascotes é facilmente percebida pelos proprietários e pode ter diversas causas. O mais importante, porém, é que o mau hálito em cachorros e gatos pode ser tratado e até mesmo evitado!

O que causa o mau hálito em gatos e cachorros?
Antes de iniciar qualquer tratamento, é fundamental identificar a causa do mau hálito nos pets. Esse mau cheiro, também conhecido como halitose, pode ter origem na boca, na garganta ou no estômago do animal.

Em casos mais graves e bem pontuais, o odor pode ser consequência de uma inflamação interna ou doença mais séria. Por isso, a halitose deve ser sempre investigada por um médico-veterinário.

Problemas bucais
Geralmente, a causa do “bafinho” é o acúmulo de tártaro na boca de cães e gatos. Ele forma uma placa escura sobre a gengiva do animal.

Isso acontece porque a saliva contém elementos que mineralizam, isto é, formam cálculos que se unem em placas. No início, a coloração é amarelada. Depois, passa pelo marrom até chegar ao cinza.

Os dentes mais atingidos são os primeiros molares, que têm uma superfície rugosa que favorece o acúmulo de resíduos e a consequente formação da placa.

Quando o tártaro não é tratado, ele pode evoluir para uma gengivite, doença periodontal que pode causar sangramento em casos mais graves. Se você notar que a gengiva de seu pet está com linhas vermelhas, leve-o, assim que possível, a um atendimento veterinário.

Às vezes, um alimento preso entre os dentes e que não foi alcançado pela escovação pode levar à halitose.

Os problemas bucais que causam o mau hálito em cachorros e gatos incluem, ainda, infecções na boca, nas dobras labiais e na mucosa.

Problemas gastrointestinais
A alimentação pode ser a causa da halitose. Lembre-se de que o ideal é que os animais domésticos sejam alimentados com ração, salvo indicações específicas do médico-veterinário. Além disso, o animal pode estar comendo as próprias fezes ou revirando o lixo. Fique atento!

Muitas vezes, mesmo se alimentando de ração, seu pet pode estar com problemas de má digestão ou, ainda, com alargamento do esôfago. Isso faz com que o odor da comida retorne, impregnando, inclusive, a respiração do animalzinho.

Algumas infecções, obstruções e até certos tipos de câncer no estômago e intestino também podem ter o mau hálito como sintoma. Por isso, a consulta a um veterinário é fundamental para o diagnóstico correto.

Outros problemas
Outras doenças podem desencadear a halitose em gatos e cachorros. A diabetes, por exemplo, deixa o hálito dos animais bem forte. Nesses casos, o cheiro é bem característico — um odor adocicado, conhecido como odor cetônico. Em casos de insuficiência renal, o pet também pode apresentar esse tipo de halitose.

O mau hálito também pode ser sintoma de doenças respiratórias, principalmente nas cavidades nasais e de doenças auto-imunes, como o lúpus.

Vale lembrar que, quando entram na fase geriátrica, nossos companheiros caninos estão mais propensos a doenças que ocorrem tanto nos dentes quanto nas gengivas, que acabam por estimular o surgimento de cáries e tártaros.

Por isso, o cuidado com animais idosos deve ser reforçado.

Como tratar as doenças que causam a halitose?
O ideal é começar por um check-up completo realizado por um veterinário para que ele identifique a causa do mau hálito.

No caso de acúmulo de tártaro, a retirada das placas se faz necessária. Geralmente, há necessidade de sedação. Assim, a limpeza poderá ser feita de maneira adequada, inclusive debaixo da gengiva do animal. O profissional provavelmente aproveitará para polir os dentes do pet, o que evitará o aparecimento de novas placas e de cáries.

Se o problema for a alimentação, você terá que mudar a dieta do animal. Em geral, a recomendação é eliminar os petiscos e utilizar a ração certa para seu amigo de estimação. O veterinário indicará a melhor opção e a quantidade correta para cada caso.

Para as outras doenças que causam o mau hálito, o profissional indicará o tratamento adequado.

É possível prevenir o mau hálito em cachorros e gatos?
Alguns cuidados básicos de higiene ajudam a prevenir o mau hálito. Acostume seu pet, desde pequeno, à escovação, que deve ser feita com produtos específicos para cães e gatos.

Para os gatos, comece colocando um pouco do caldo do seu sachê favorito diretamente no seu dedo ou em uma dedeira. Faça isso por uma semana. Quando estiver mais acostumado, troque o caldinho por uma pasta de dente especial para gatos e simule uma escovação.

Vá introduzindo aos poucos a escova de dentes. Comece pelas menores. Aqui, vale molhar a escova no caldinho do sachê também.

Depois que ele já estiver acostumado tanto ao creme dental quanto à escova, é hora de partir para a ação!

Para os cachorros, escolha um momento do dia em que ele esteja mais calmo. Ajoelhe-se em sua frente ou sente-se ao seu lado. Não deixe que ele se sinta ameaçado. Comece colocando o dedo em sua boca, depois a escova e por último, a pasta. Ao final, recompense-o.

Além disso, fique atento a essas dicas:
•ofereça ossos de corda ou nylon – esses materiais ajudam a limpar os dentes e ainda funcionam como uma espécie de fio dental;
•invista em brinquedos de corino enriquecido com enzimas próprias para matar os germes presentes na boca dos pets;
•nunca ofereça doces ao seu animal de estimação;
•procure petiscos específicos para a higiene bucal;
•utilize sprays ou aditivos na água que previnem a formação de placas e refrescam o hálito – evite os que contêm substâncias como clorexidina, xilitol, ou álcool;
•soluções naturais são uma ótima pedida: existem no mercado líquidos de controle de tártaro que podem ser misturados à água do animal à base de suco de beterraba, glicerina vegetal, zinco e vitamina B;
•também é possível utilizar aditivos caseiros, como chás de erva-doce, hortelã, gengibre e salsa;
•refresque o hálito do seu bichinho misturando limão, menta ou hortelã à água que você for utilizar para fazer a higiene bucal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here